Pronunciamento
   Página 1 de 7
   Ir para página:    

Ranzan cobra detalhes nas respostas aos seus requerimentos

O vereador Edilso Ranzan registrou que no artigo 55 da Lei Orgânica do Município, no inciso XIV, consta que no prazo de 15 dias o Governo Municipal deverá encaminhar as respostas dos requerimentos dos vereadores. Disse que o requerimento foi protocolado na Prefeitura Municipal no dia 05 de novembro, mas a resposta foi encaminhada para a Câmara de Vereadores no dia 02 de dezembro. Falou que há possibilidade de prorrogação, o que não foi o caso, mas que já passou muitos dias do prazo estipulado pela Lei Orgânica do Município. Comentou que foram feitos seis questionamentos no requerimento, sendo que para quatro perguntas não veio resposta alguma e as outras muito vagas. Disse que com o pouco de conhecimento que tem na área de licitações houve uma divisão de objetos e que a administração pública nem precisaria ter feito licitação no caso de obras, pois a lei de licitações prevê quinze mil reais sem licitação. Falou que a ilegalidade pode estar na aquisição dos materiais, pois se gastou mais de oito mil reais na compra de materiais. Comentou a situação da empresa que realizou a obra, questionando se a empresa estava cadastrada e apta a participar da licitação e porque realizou o trabalho antes. Falou que se houver possibilidade de regulamentar essa questão das informações referentes a licitações feitas pelo município estará apresentando ainda neste ano um projeto de regulamentação. Aparteando o vereador Agustinho Menegatti disse estranhar pois a empresa que realizou a obra dos banheiros da Praça da Bandeira antes da licitação seja a mesma que venceu a licitação depois da obra concluída, questionando um possível direcionamento da licitação. Continuando o vereador Edilso Ranzan admitiu que no passado realmente as respostas também não eram convincentes, mas que isso precisa mudar, pois os vereadores necessitam dessas informações. Falou da sua grande preocupação em relação ao convênio do município São Lourenço do Oeste com Pato Branco-PR na área da saúde. Disse que frequenta bastante a Policlínica de Pato Branco e também o Hospital São Lucas e está muito preocupado, pois ficou sabendo que nosso município já perdeu alguns convênios com profissionais da saúde. Pediu que o líder do Executivo Municipal procurasse se informar sobre essa situação, pois às vezes com uma conversa pode ser resolvido e que não tem certeza absoluta dessas informações, mas que está muito preocupado. Em relação às estradas do interior, disse que no Distrito de São Roque os moradores não suportam mais essa situação, pois nesse ano ainda não houve cascalhamentos ou melhorias nas estradas e que estão intransitáveis pelo volume do tráfego em função do escoamento das produções das propriedades. Salientou que a comunidade está se reunindo para reivindicar melhorias e que estará junto com os mesmos. Falou que na propriedade do Senhor Pedro Shimit que é um grande produtor de leite a situação é calamitosa, pois não consegue nem fazer o transporte da alimentação para seu rebanho. Frisou que sabe das limitações do município, mas que pelo menos respeitem os agricultores e dêem uma resposta sobre as melhorias.

Edilso Paulo Ranzan

segunda-feira, 02/12/2013 - 15:06


Aviso
Direitos Autorais © 2001 Lancer Soluções em Informática Ltda.
Legislador® WEB - Desenvolvido por Lancer Soluções em Informática Ltda.
versão do sistema
26/01/2018 - 1.19.0-79

Quando desejar a pesquisa com mais de uma frase ou palavra, separar as frases (palavras) com ” ; ” e selecionar a opção ” e ” ou ” ou ”.

EX: Verbete: E   OU
       Este exemplo irá selecionar a palavra " hospital " E a frase " orçamento anual ".