VoltarImprimir
Resolução nº  7/2016 de 13/09/2016
Ementa
DENOMINA “LUIZ BORGES JUNIOR”, A GALERIA DE CIDADÃOS HONORÁRIOS DE FRAIBURGO
 
Texto
O vereador Oracir Ferreira de Deus, nos termos regimentais, submete à apreciação e deliberação do Plenário desta Casa Legislativa o seguinte Projeto de Resolução:

Art. 1º. Fica denominada “Luiz Borges Junior” a Galeria de Cidadãos Honorários de Fraiburgo localizada no prédio da Câmara Municipal.

Art. 2º. Na placa indicativa da Galeria deverá constar os seguintes dísticos: “GALERIA DE CIDADÃOS HONORÁRIOS LUIZ BORGES JUNIOR”.

Art. 3º. Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Complemento
JUSTIFICATIVA

Este Projeto de Resolução tem a finalidade de denominar “Luiz Borges Junior” a Galeria de Cidadãos Honorários de Fraiburgo localizada no hall de entrada do Plenário desta Casa de Leis.

Luiz Borges Junior, nome que traduz eficiência e seriedade, nasceu em 30/11/1942 e faleceu em 07/02/2016. De formação Engenheiro Agrônomo (UFRS-1966), em seu currículo constam as seguintes atividades profissionais:

1967/1983: Diretor Técnico do Reflorestamento Fraiburgo Ltda.

1975/1991- Diretor Técnico do Grupo Renar - Fraiburgo (SC)

1991/2016 - Diretor da Mafrai Fruticultura Ltda - Fraiburgo e São Joaquim (SC).

1992/2016 - Diretor da BN Consultoria Agropecuária S/C Ltda.

2004/2016 - Consultor Isca Tecnologias para assuntos de manejo e controle integrado de pragas.

2008/2012 - Consultor da empresa Lavoura Igarashi Ltda, para implantação de Sistemas de Produção Integrada em Hortifrutigranjeiros.

2013/2016 - Assessor da Prefeitura Municipal de Fraiburgo no Programa de Produção Integrada de Sistemas Agropecuários de Microbacias.

Nas atividades associativas, elenca-se:

1975/1981 - Presidente da Associação Catarinense de Fruticultores de Clima Temperado.

1982/1994 - Presidente da Associação dos Fruticultores de Fraiburgo.  

1988/2004 - Presidente da Associação Brasileira de Produtores de Maçã.

2004/2016 - Sócio Benemérito ABPM.

1994/2002 - Diretor do Instituto Brasileiro de Frutas - SP.

1995/1998 - Membro efetivo do Grupo de Trabalho de Frutas - GTF (Rio de Janeiro)

1999/2004 - Membro do Conselho Assessor Externo da Embrapa Clima Temperado (Pelotas).

1999/2007 - Presidente da Comissão Nacional de Fruticultura da Confederação Nacional da Agricultura.

2004/2005 - Presidente da Comissão Nacional de Fruticultura da Confederação Nacional da Agricultura.

20/3/2006 - Medalha de Honra ao Mérito Anita Garibaldi, maior honraria do Governo do Estado de Santa Catarina.

2002/2010 - Presidente do Conselho do Instituto Brasileiro de Frutas - IBRAF (foi um dos fundadores em 1990).

2010-2016 - Sócio Benemérito IBRAF.

2002/2016 - Membro do Conselho de Produção Integrada de Frutas do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento.

2010/2016 - Consultor Especial da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Fruticultura do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento.

É impossível mensurar a importância do Dr. Luiz Borges Júnior para a pomicultura brasileira. Foi um dos desbravadores do Segmento da Maçã no Brasil. Como Presidente da Associação Catarinense de Fruticultores de Clima Temperado, da Associação dos Fruticultores de Fraiburgo e da ABPM- Associação Brasileira de Produtores de Maçã, sempre atuou nas diversas áreas de interesse dos maleicultores com dedicação intensa, coragem e fidelidade às grandes linhas que foram determinantes para que o segmento da maçã passasse de um status praticamente inexistente no País na década de 1960, para uma cadeia de R$ 6 bilhões nos dias atuais, tornando o Brasil um dos principais produtores do mundo.

Luiz Borges Júnior e todo seu legado serão para sempre lembrados.

Como nota-se no currículo antes mencionado, Dr. Luiz foi Presidente da ABPM no período de 1988 até 2004 (16 anos), mas sua marcante história no Setor Maçã começou muito antes disso e em outras associações como na Associação Catarinense de Fruticultores de Clima Temperado e Associação dos Fruticultores de Fraiburgo.  Foi o primeiro Engenheiro Agrônomo brasileiro a atuar na cultura da maçã no Brasil, ainda na década de 1960, quando aconteceram os primeiros experimentos que geraram a moderna maleicultura brasileira.

Como líder associativista foi o grande nome histórico da pomicultura. Já no começo da década de 1970 era um defensor implacável do Setor da Maçã nos meios públicos e também privados, quando tal segmento era um mero embrião do que é hoje, uma cadeia que emprega 195 mil brasileiros, direta e indiretamente.

Importante registrarmos ainda a presença e presidência do Dr. Luiz em outros organismos nacionais tais como o Instituto Brasileiro de Frutas e Comissão Nacional de Fruticultura da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, além de conselhos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Sempre acompanhou de perto, inclusive com treinamentos internacionais, o avanço na armazenagem em atmosfera controlada, foi diretor de empresas e consultor do Setor.

Mas se a carreira profissional do Dr. Luiz Borges Júnior foi brilhante, como ser humano, homem, cidadão, seu exemplo destacou-se ainda mais.  Quem teve o privilégio de conviver com o Dr. Luiz testemunhou a intensidade da fidelidade com que encarava suas batalhas. Entre seus valores sempre estiveram à honestidade, a crença no ser humano e a caridade.

Acredita-se que a Câmara Municipal precisa dar exemplo de reconhecimento a personalidades que contribuíram para a construção e o nome de nossa cidade.

Sendo assim, contamos com o indispensável apoio dos nobres parlamentares à aprovação desta proposição que visa identificar a Galeria de Cidadãos Honorários, convictos de estarmos prestando um tributo à memória de Luiz Borges Junior, o qual tem seu digno nome já fixado no rol da respectiva Galeria, título que lhe foi outorgado através do Decreto Legislativo 05/1994.


Aviso
Direitos Autorais © 2001 Lancer Soluções em Informática Ltda.
Legislador® WEB - Desenvolvido por Lancer Soluções em Informática Ltda.
versão do sistema
26/07/2018 - 9:17 - 1.20.0-114

Quando desejar a pesquisa com mais de uma frase ou palavra, separar as frases (palavras) com ” ; ” e selecionar a opção ” e ” ou ” ou ”.

EX: Verbete: E   OU
       Este exemplo irá selecionar a palavra " hospital " E a frase " orçamento anual ".