Página 1 de 22    
Proposição
Moção 8/2018 em 22/05/2018
.: Veja Mais :. Moção de Pesar

Nada na vida é tão certo quanto a morte, sem esta, a vida não teria significado algum.

O amor faz perdurar a imagem ou a figura de quem cerrou os olhos para sempre.

Eugênio Zimmer era um homem carismático com personalidade marcante, típica de pessoas que assumem uma postura na vida, demonstram claramente suas ideias, seus objetivos e seus sentimentos. Foi um ser humano impossível de passar despercebido, despertava sentimentos fortes em todos seus relacionamentos e com isso marcou sua presença na vida de muitas pessoas.

Muitas vezes decepcionou-se com a natureza humana, mas nunca desistiu de acreditar nela.  Ensinou, propagou e lutou pelos valores morais e éticos. Era um eterno professor e dizia que o exemplo não era uma maneira de ensinar, mas sim, a única. Sempre dizia aos jovens: “Melhor que o sonho é sua realização. Sonhem, mas sonhem alto e lutem para realiza-lo! E ele mesmo demonstrou na sua vida o que pregava para os jovens.

Foi um homem vitorioso com muito orgulho de tudo que construiu e conquistou em sua vida, mas era também suficientemente humilde para continuar constantemente aprendendo.

Eugênio foi Garçom, Bancário, Professor, Diretor de Colégio, Vereador, Prefeito da nossa querida Pomerode. Formado na 1ª turma do curso de Letras da FURB, onde foi curador. Em 1972, constituiu o seu escritório de contabilidade, Escritório Técnico Contábil GLOBO. Neste, passaram vários profissionais que seguiram carreira com seus próprios empreendimento. Este escritório de contabilidade nunca parou, em 1994, alterou a sua razão social para ARN ASSESSORIA CONTABIL LTDA, mais conhecida como SERVICON CONTABILIDADE, continuada pelos atuais proprietários ROLF NICOLODELLI e ANDREAS ROLAND ZIMMER e demais colaboradores dos quais alguns ainda permanecem.

China, também foi presidente do Clube Pomerode, responsável pela construção da piscina semiolímpica. (Um grande feito na época). Vereador de 1973-1977; Prefeito 1983-1988; e mais uma vez suplente de vereador de 2001-2004; foi assessor de gabinete do Professor Alvin Klotz e Henrique Drews Filho.

Como Prefeito, iniciou-se os trabalhos de valorização à cultura e às tradições germânicas. O que temos hoje, em termos culturais e de tradição, teve um início, uma pessoa que pensou em organizar e fomentar isso no passado. Foi o Sr. Eugênio. Incentivou a impressão dos primeiros fascículos da História de Pomerode. Foi em seu tempo (1984) que iniciou-se a Festa Pomerana sendo a 1ª festa típica da região e criou o slogan “Pomerode a cidade mais alemã do Brasil”.

Foi sob sua influência, receptividade ou negociação, que se deu a vinda das empresas Netzsch do Brasil, Rabacker, Rex Roth, Kyly e entre muitas outras constituídas através de seu incentivo. Sua preocupação e visão de futuro se revelaram precisas e oportunas naquele tempo, tendo sempre em vista a oferta de emprego e renda ao povo Pomerodense. Também foi forte incentivador da educação (com valorização e fundação de escolas básicas, e ampliação; 'Olavo Bilac, Amadeu da Luz, Almirante Barroso'). Consequentemente, a longo prazo, obteve-se uma perspectiva real de prosperidade uniforme à cidade de Pomerode. Também a avenida 21 de janeiro, contou com sua idealização.

No esporte, China incentivou a criação dos jogos estudantis, ao ciclismo com Hans Fischer, bolão e os clubes de caça e tiro reconhecidos pela sua importância. Foi secretário adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e meio ambiente, que atualmente é a Secretaria de Planejamento e meio ambiente.

Organizou a edificação de prédios públicos. Foi o responsável pelo recebimento da verba para a construção da Rodovia Ralf Knaesel, (trecho Pomerode e Timbó). Responsável pela criação da Fundação Cultural em 1985. Responsável pela vinda do grupo Alpino Germânico (Blumenau a Pomerode). Responsável por implantar o plano de carreira para os professores. Era jogador de futebol, meio de campo, no Botafogo do Wunderwald. Promoveu cursos de capacitação de professores e funcionários das escolas.

Pomerode era uma antes, e outra depois da gestão Eugênio Zimmer. (cf. livro c/ programa de governo e registro de feitos sob o título “Novos rumos”).

Nasceu no dia 10 de outubro de 1943, filho de Walter Zimmer e Herta Zimmer, nascida Zielzdorf e teve três irmãos, Orlando (inmemorian), Norma e Elsira. Se casou com a Rosita Klotz e tiveram três filhos, Alwin Walter Zimmer (inmemorian), Heike Zimmer e Thomas Zimmer. Eugenio Zimmer, aos 74 anos, nos deixou e tenho certeza que deixou um legado de seguidores, plantou muitas sementes que continuarão seu trabalho aqui na Terra por uma infinidade de gerações e assim, ele continuará vivo em nossos corações.

Por isso China, agradecemos por tudo que fez por nossa Pomerode. Das palavras escritas pelo nosso grande escritor, Sr. Irineu Voiglaender, a pedido e avalizado pelo próprio China com nota 10, sito uma das frases que chamou-me atenção: “Não estarei mais nas próximas eleições, mas me preocupa, são as próximas gerações”.

Obrigado China, e me despeço com a música que mais gostava de ouvir.

CAMARADA MARCHEN.

Moção 7/2018 em 08/05/2018
.: Veja Mais :. Objeto: Moção a Kilian Krüger

Kilian Krüger, nasceu em 25/07/1935, na cidade de Blumenau (hoje Pomerode), filho de Guilhermine Krüger (nascida Östreich) e Ricardo Krüger.

Aos 14 anos começou a trabalhar na filial Weege e, ao lado do Sr. Erich Guenther, gerente daquele estabelecimento, aprendeu a se tornar uma pessoa de bem, respeitando sempre a moral e os bons costumes.

Casou-se em 1961 com Ingnora Wachholz e, com o passar dos anos, passou à frente dos negócios da filial Weege.

Em 1967, com a ajuda da sua esposa, resolveu investir no próprio negócio e abriu uma mercearia junto à sua casa em Testo Alto, que completou 50 anos no dia 1º de Novembro de 2017.

Aposentado desde 1981, orgulhava-se de não ter passado mais de 10 dias de férias. Alguns dias em Piratuba e lá estava ele de volta no balcão da mercearia.

Além do comércio, Kilian também fez parte da diretoria do cemitério de Testo Alto II, por mais de 20 anos, vaga herdada do seu sogro Sr. Willy.

Na Escola Bonifácio Cunha (atual Damaris Frahm) atuou como presidente e tesoureiro até a formação dos filhos Marilise e Sérgio.

Apreciador da boa música, Kilian tocava acordeon e gaita de boca, participando inclusive de bandas entre os anos de 1957 e 1960.

De grande influência junto à comunidade, Kilian era um exemplo de pessoa leal, compromissada, sincera e honesta.

Faleceu no dia 26/04/2018, aos 82 anos, deixando a esposa Ingnora Krüger, os filhos Marilise Behling e Sérgio Krüger, o genro Hans Behling, a nora Tânia Mara Toewe Krüger, os netos Roger Behling, Ronan Behling, Katerine Krüger e Julia Krüger e o bisneto Igor Meinicke Behling

Em nome da Câmara, as sentidas condolências, a família e amigos.

Moção 6/2018 em 08/05/2018
.: Veja Mais :. Moção de Pesar

Pomerode, 20 de Fevereiro de 1931, na época uma pequena colônia pertencente ao município de Blumenau, ao longo do Vale Rio do Testo, povoado por imigrantes POMERANOS, nascia o Sr. ALBRECHT LÜMKE. Filho de Guilherme Lümke e Elsa Lümke, nascida Selke. Albrecht, desde jovem continuou os trabalhos de seus pais na agricultura, criando gado, no cultivo de fumo e entre outras plantações para tirarem seu sustento.

Albrecht, também foi um participante assíduo nos Clubes de Caça e Tiro da região, tradição pela qual fazia parte pela suas origens. Pomerano, com orgulho e muita alegria cultivava a sua etnia.

Jovem, na labuta e atividades festivas, conheceu a jovem IMGARD RADÜNZ, também filha de agricultores e claro, se casaram e tiveram seis filhos, ODILON (in memorian), Ondi, Arlete, Marli, Rosita e Lodimar.

Vejam a responsabilidade do casal, mas com muito trabalho e determinação venciam obstáculos que a vida pregava e mesmo assim, Albrecht queria mais, precisava fazer algo a mais pela cidade de Pomerode. Junto com um grupo de amigos, fundaram um partido político, o MDB, Movimento Democrático Brasileiro, no qual posteriormente foi candidato e eleito vereador para o mandato legislativo de 1973 a 1977. Mas não foi tão fácil assim, as caminhadas eram longas e uma campanha política de bicicleta não é tão simples assim. Mas com certeza valia a pena, pois naquela época a credibilidade política estava em alta.

Como vereador, muitos desafios. No mandato do ex-prefeito Alwin Klotz e o vice prefeito Julio Klotz, ambos do MDB, partido fundado pelo grupo, tiveram um mandato muito difícil por falta de recursos e a instabilidade financeira do município. Mas com muito trabalho na ampliação da mobilidade e desenvolvimento econômico através de implantação e ampliação nos setores da industria e comercio, contribuíra muito no passo do crescimento da nossa cidade.

Para o casal Albrecht e Imgard Lümke, nem tudo eram flores. No momento em que pensavam que se tornaria mais tranquila a vida, perderam o filho Odilon em 1988, que faleceu após sofrer um mal súbito. E para ironia do destino, ainda fragilizado com a perda do filho, veio a falecer a Dona Imgard, esposa de Albrecht, com a idade de 52 anos, isto ocorrido no dia 12 de janeiro de 1989, poucos meses após perder o seu filho Odilon. Tristeza, com um grande vazio no paço familiar, teve que se reerguer com apoio dos filhos, netos e amigos, pois mal sabia que enfrentaria mais a perda da sua nora, esposa do filho Lodimar Lümke e também de dois netos.

Albrecht, foi homenageado no dia 09 de dezembro de 2009, com HONRA AO MÉRITO, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao Município de Pomerode no transcurso dos 50 anos da sua emancipação política.

Nos últimos 11 anos, morou com sua filha Arlete mas sempre na sua independência. De forma lenta e frágil, soube de forma lúcida, todas as suas atribuições e afazeres.

Albrecht, faleceu no dia 28 de abril de 2018, aos 87 anos, deixando enlutados 5 filhos, 8 netos, 8 bisnetos e demais familiares e amigos.

Em nome da Câmara, a sentidas condolências, a família, e amigos.

Moção 5/2018 em 24/04/2018
.: Veja Mais :. MOÇÃO Nº 5/2018

Moção Póstuma a  Moacir Da Luz

Um jovem de família simples humilde e com princípios, nascido em 26\12\1954.

Moacir Da Luz faleceu em 11\04\2018, aos 63 aos de idade.

Moacir Da Luz   era filho de Nilo e Hortência Da Luz, família esta que escolheu a nossa Pomerode para com seu trabalho ajudar no desenvolvimento da cidade e seus amigos em especial na localidade de POMERODE FUNDOS onde seus pais na época escolheram p morar ao chegarem em POMERODE.

Passou sua infância morando no morro da TURQUIA juntamente com sua família, a qual passou por diversas dificuldades na época por se tratar de uma família que não era de origem Alemã, e também muito pobre tudo isso levou um bom tempo para ganhar a confiança do pessoal que já habitava Pomerode por bons tempos.

Mas graças a Deus foi questão de tempo e com honestidade e muito trabalho tudo passou.

Moacir Da Luz como era conhecido foi crescendo viveu sua infância e adolescência naquela localidade, por sua vez começou a dar suas escapadas para uma voltinha com amigos e amigas, e foi numa destas escapadas que conheceu uma menina que se chamava URSULA BUBLITZ que era de origem Alemã e com isso foi ganhando o carinho e respeito de todos.

Da LUZ como era conhecido certo dia resolveu apreender a falar em alemão, ingressou no trabalho na firma Weege fez curso em Curitiba de vigilante e mais tarde veio a trabalhar como vigilante bancário na época no banco Bamerindus de fronte a Prefeitura, e outra parte de sua vida trabalhou no banco do BRASIL também

como eram lugares públicos se tornou uma pessoa bem conhecida e respeitada em toda Pomerode. Fazia parte de sua índole respeitar e a simpatia para com as pessoas também mais tarde trabalhou de frentista no posto Ramthun e onde, por esta passagem deixou muitos amigos.

Moacir Da Luz sempre teve uma admiração e amor especial por seus filhos netos e netas, e a falecida sua esposa Úrsula.

DA LUZ como era conhecido em suas folgas adorava pescar em nossos rios passava horas e horas com um anzol com muita paciência a esperar que um peixe o fisgasse.

Moacir Da Luz deixou 7 irmãos: Marli, Mauri, Márcio, Luiz, Maria, José e Lélia.

4 filhos Patrícia, Beatriz, Marcelo e Graciela. Também deixou 10 netos,  

Em nome da Câmara, as sentidas condolências

Sala das sessões, em 24 de abril de 2018

Jean Carlos Nicoletto

Vereador

Moção 4/2018 em 10/04/2018
.: Veja Mais :. Moção a Bertholdo Kamke

Bertholdo Kamke, nasceu em 12 de janeiro de 1923 em Pomerode. Filho de Friederich Kamke e Martha Kamke, nascida Voigtlaender, muito criança aos 7 anos perdeu seu pai num acidente de trabalho.

Quando completou 25 anos, seu então padrasto o convidou a deixar a casa e buscar trabalho fora, sem ser apenas como lavrador/agricultor. Foi assim, então em 1948, que ele conseguiu um emprego na antiga Haut e Cia Ltda que também ofertaram moradia e comida nas dependências da firma. Ali ele fazia todo tipo de serviço, como hoje podemos dizer uma espécie de “caseiro” e aprendendo aos poucos o ofício de Queijeiro. Assim, opa Bertholdo como é chamado entre os familiares, se aposenta como Mestre Queijeiro pela então firma Haut e Cia Ltda, o melhor queijo da região. Mesmo aposentado ele ainda ficou com a família Haut por mais 10 anos.

Foi em 1951 que se casou com Laura Ida Anna Zumach. Já havia em poucos anos poupado o suficiente e comprado um bom terreno e feito sua casa, para constituir família. E foi abençoado com três filhas e um filho, Leonilda, Leonora, Fritz ( em memória)  e Leodete.

Bertholdo foi um homem íntegro, de bem, correto, religioso, ótimo pai de família e muito trabalhador. Sempre, enquanto trabalhava na firma Haut também tinha seus afazeres em sua propriedade, afinal a jornada sempre foi dupla , sempre como agricultor manteve até seus últimos dias a criação, seja de patos, galinhas, vacas, porcos, o trato, o milho, a cana, entre outros, junto com sua filha Leonora com quem morava.

Ahhh ele adorava política. Era fiel simpatizante do UDN, depois ARENA, sempre seguindo nesta linha. Foi cabo eleitoral de Arnoldo Hass, Ralf Knaesel, Willy Hass e os demais que sucederam esta sigla partidária. Sempre pedia suas férias em época de eleição para visitas a comunidade juntamente com os candidatos correligionários.

Não podemos esquecer de mencionar que era voluntário assíduo na comunidade de Testo Alto, auxiliava nas festas do hospital, da igreja e da escola. Foi membro fundador do Cemitério da Colina em Testo Alto.

Era viúvo há 10 anos e veio a falecer aos 95 anos no Hospital e Maternidade Rio do Testo  em 02 de abril de 2018. Deixa enlutados as três filhas, Leonlida, Leonora e Leodete, 3 genros, 9 netos e 4 bisnetos, além de 4 irmãos, cunhados, demais familiares e amigos.

Sua vida é um livro que não foi escrito.

Saudades eternas, Pai´Sogro, Avô e Bisavô.

Moção 3/2018 em 27/03/2018
.: Veja Mais :. MOÇÃO DE APELO N°. /2018

Objeto

Pedido de aumento de efetivo do Corpo de Bombeiros Militares pelo Governo do Estado, na pessoa do Governador Eduardo Pinho Moreira e do Secretário Estadual de Segurança Pública através da convocação de mais candidatos aprovados no concurso n° 001-2017/DP/CBMSC.

Motivação

O vereador signatário vem pleitear aumento de efetivo do Corpo de Bombeiros Militares com a convocação dos candidatos aprovados no concurso n° 001-2017/DP/CBMSC.

A efetivação desta medida se faz necessária devido ao notório déficit de servidores públicos ocupantes da estrutura do Corpo de Bombeiros Militar no Estado, causando uma insuficiente prestação do serviço público e que tem gerado graves consequências à sociedade catarinense.

Ciente da realização de um concurso público que busca recompor a estrutura do Corpo de Bombeiros Militar e que pretende a convocação de 300 aprovados mais cadastro de reserva, solicito que os candidatos considerados aptos em todas as fases do certame, mas que não estejam dentro do número de vagas previstas no edital de abertura, possam ser chamados para compor o quadro efetivo do CBM/SC.

Assim formulo a presente Moção de Apelo, confiante em que o Governo do Estado não se omitirá no sentido de solucionar a gravidade da situação relatada.

Sala das Sessões, 27 de março de 2018.

Moção 2/2018 em 27/03/2018
.: Veja Mais :. MOÇÃO DE REPÚDIO

Cumprimentando cordialmente, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vereadores de Pomerode, vem manifestar com veemência, o repúdio à entrega do Título de Cidadão Honorário Catarinense ao ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, que ocorreu na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em Florianópolis, no último dia, 24 de Março de 2018.

Importante ressaltar que o Título de Cidadão Honorário equipara a pessoa homenageada a uma adoção oficial.

A pessoa agraciada passa a ser um irmão, um conterrâneo, uma pessoa da terra, da cidade natal, apesar de não ter nascido no local.

E o Título de Cidadão Honorário é concedido a quem faz, a quem fez, sem visar interesses pessoais ou políticos e, em defesa do povo catarinense, do povo brasileiro.

Porém, o homenageado, Luiz Inácio Lula da Silva, foi condenado pela Justiça Brasileira e é indiscutivelmente, o maior responsável pela corrupção sistêmica, além de institucionalizar a corrupção na máquina pública, em níveis sem precedência, como nunca antes visto neste país.

Sucessivos escândalos nos órgãos e empresas públicas vêm à tona constantemente e envergonham a nação brasileira. E os cidadãos brasileiros vivem uma sensação de total desesperança.

Já a Justiça Brasileira não consegue cumprir seu papel de forma neutra e sem interferências de outros Poderes.

Ademais, a corrupção junto com a impunidade impede o Brasil de se tornar um país desenvolvido.

Assim, é inconcebível que, LULA seja considerado Cidadão Honorário de Santa Catarina. É um desrespeito com o povo catarinense. Ele nada tem de honorário. É apenas um corrupto já condenado e um desrespeito.

E a honraria é dada para quem tem reputação ilibada. E reputação ilibada é o que LULA não tem.

Finalizando, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vereadores de Pomerode repudia a entrega do Título de Cidadão Honorário Catarinense a Luiz Inácio Lula da Silva e requer a revogação urgente do Título de Cidadão Honorário Catarinense.

Aproveita-se a oportunidade para reiterar protestos de elevada estima e consideração.

Sala das sessões, em 27 de março de 2018.

JOSÉ AMARILDO DA SILVA

Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Pomerode

DEOCLIDES CORREA FILHO

Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Pomerode

MARCOS EDGAR MULLER DALLMANN

1º Secretário da Câmara Municipal de Vereadores de Pomerode

ALDINO OLDENBRUG

2º Secretário da Câmara Municipal de Vereadores de Pomerode

Moção 1/2018 em 20/02/2018
.: Veja Mais :. Objeto:

Pedido de aumento de efetivo policial imediato pelo Governo do Estado, na pessoa do Governador Raimundo Colombo e do Secretário Estadual de Segurança Pública em favor da Guarnição Especial da Polícia Militar de Indaial/SC.

Motivação

A Câmara Municipal de Pomerode, representada por seus membros, vem manifestar seu integral apoio à iniciativa da Câmara Municipal de Timbó, de pleitear aumento de efetivo policial imediato à guarnição de Polícia Militar de Indaial.

A efetivação desta medida se faz necessária na medida em que tem ocorrido, nos últimos anos, uma escalada de violência, com o aumento de roubos e crimes violentos na região abrangida pela guarnição de Indaial, em especial no Município de Timbó.

Assim formulam a presente Moção de Apelo, confiantes em que o Governo do Estado não se omitirá no sentido de solucionar a gravidade da situação relatada.

Moção 9/2017 em 24/10/2017
.: Veja Mais :. Na sessão de hoje, esta Casa Legislativa, vem apresentar Moção ao Jornal A Cidade pelos 15 anos de existência e pelo compromisso com Pomerode e com a região.

Em Outubro de 2002 foi sugerida, por um grupo de pessoas, a criação de um meio de comunicação impresso para atender um público diferenciado em Pomerode.  A partir desta sugestão reuniões ocorreram com a Diretoria da Rádio Pomerode da época e foi dado início ao projeto com alterações  futuras.

Assim, com as sócias Marli Fredel Mohr e Gertrudes Eskelsen, surgiu o Jornal A Cidade. Jornal este que iniciou com circulação local e edição quinzenal. As edições passaram a circular sempre nos dias 08 e 22 de cada mês regularmente.

Em 2006  com a desvinculação da primeira diretoria de apoio, foram feitas algumas alterações no formato do jornal e o mesmo passou a ter uma abrangência mais regional, atendendo também, através de seus exemplares, as cidades de Rio dos Cedros, Timbó e Indaial, além de Blumenau.

No ano de 2010, houve uma tentativa, temporária, com a circulação 3 edições mensais. Tal tentativa teve por objetivo analisar o mercado e verificar a possibilidade do jornal circular também semanalmente. Após a análise do mercado publicitário, constatou-se a inviabilidade desta circulação.

Em 2011, foi mantida a edição quinzenal. Edição esta que contém 12 páginas.

Destaca-se que o Jornal A Cidade se consolidou graças ao compromisso de não apenas informar, mas também de colaborar com os processos de transformação.

Também menciona-se que o Jornal A Cidade, neste período foi um dos primeiros jornais no Vale do Itajaí a lançar em sua página na internet a TV Online, documentando grandes eventos em Pomerode e na região.

Porém, ressalta-se que em 2016, houve retração no mercado brasileiro, devido às incertezas do mesmo. E não diferente, as empresas dos meios de comunicação notaram ventos desfavoráveis.

Era preciso inovar. Era preciso aprimorar.

O crescimento significativo das redes sociais, como uma ferramenta, trazendo informações com maior rapidez e atingindo um público maior colaborou com mais uma opção do Jornal aos cidadãos.

O Jornal A Cidade seguindo a tendência do mercado na informação via internet, criou seu site e posteriormente, sua página social no Facebook.

Destaca-se ainda que durante todo este período, muitas barreiras, muitas dificuldades foram superadas, mas a dedicação, o comprometimento, o amor ao trabalho de levar a informação aos cidadãos pomerodenses e da região permaneceram; e, esta postura de acreditar que desafios fortalecem, que para tudo existe uma razão, o Jornal A Cidade completou no dia 22 de outubro de 2017, seus 15 anos de atividades e de existência no mercado.

Atualmente o Jornal A Cidade continua sendo dirigido por Marli Fredel Mohr, como diretora geral e por Geison de Oliveira. Ronildo Mohr também é responsável e está à frente dos trabalhos, René Eskelsen cuida das reportagens da região, Adelmo Muller é o jornalista responsável, além de outros colaboradores eventuais.

Portanto, Pomerode tem uma longa história na comunicação, e mesmo com as dificuldades existentes, os cidadãos da nossa Pomerode, da nossa região são muito bem informados. São os mais bem informados do nosso país, com meios de comunicação de destaque.

Aos colaboradores, aos leitores e aos que são assinantes deste periódico, a equipe Jornal A Cidade, agradece e parabeniza, pois, além de serem o patrimônio do Jornal, contribuem com a continuidade da circulação do mesmo e com a continuidade da informação.

Parabéns Jornal A Cidade pelos seus 15 anos de informação no Vale do Itajaí.

Moção 8/2017 em 29/08/2017
.: Veja Mais :. Através desta Moção, externo, assim como os demais vereadores, o profundo pesar pelo falecimento da jovem jornalista, FRANCIELLE ANDRESSA PEREIRA FURTADO FERREIRA.

FRANCIELLE ANDRESSA PEREIRA FURTADO FERREIRA nasceu no dia 23.11.1985 e partiu da vida terrena no dia 23.08.2017. Alcançou a idade de 31 anos, ou seja, tinha toda uma vida pela frente. Deixou enlutados: seu esposo, Luís Felipe Ferreira; sua mãe, Janete Luíza Wollick; seu irmão, Felipe Luís Wollick de Souza;  seus avós maternos,  Edeltraut e Alidor Wollick, a Omi e o Opi, assim carinhosamente chamados pela Fran; sua dinda do coração, Mônica Wachholz; demais familiares; equipe Testo Notícias, amigos e conhecidos.

Francielle era jornalista reconhecida pelo seu significativo trabalho a frente do Jornal Testo Notícias; um veículo de comunicação de extrema relevância para a sociedade pomerodense.

O nome Francielle Furtado Ferreira é parte importante da história da comunicação em Pomerode e no Médio Vale do Itajaí. Qualquer cidadão que vive em Pomeriode ou na região se dá conta disso.

Francielle era delegada da Associação de Imprensa do Médio Vale do Itajaí em Pomerode. Trabalhou em diversos veículos de comunicação do Vale do Itajaí, tais como: Rádio Nereu Ramos, RIC Record, Band, TV Galega, Jornal de Pomerode e como anteriormente mencionado, seu último trabalho, Jornal Testo Notícias.

Francielle lutou veementemente contra o câncer e incentivou demais pessoas. Destaco um trecho publicado nas redes sociais:

“Se eu conseguir, gostaria de plantar uma sementinha no coração e na cabeça de cada um que tirar um tempo lendo esse "desabafo reflexivo"! Aí vai (sem lamentação, sem tristeza, sem "mimimi", mas com MUITA verdade): Câncer, minha gente, não é contagioso. Não se "pega" ou "contrai o vírus" do câncer. Os portadores dessa doença continuam sendo tão humanos como sempre fomos. Câncer não "passa" em beijo, abraço, aperto de mão. Não passa pra pessoa que respirar ou sentar ao lado de quem tem. O câncer não torna a pessoa repugnante. Repugnante é quem acha que essa doença tão cruel é transmissível”!

E Francielle continua! Continua com questionamentos, continua com uma mistura de revolta, esperança, gratidão e principalmente amor. Esse amor! Fato é que sem amor, sem esperança, nada seríamos. Seguem mais palavras de Francielle Furtado Ferreira:

“Você se questiona, questiona a vida, questiona sua crença, sua religião. Questiona Deus. É... Questiona mesmo! Porque parece que tudo de ruim acontece de uma vez e o barco vai afundando no meio do oceano de esperança e fé.

Eu choro, grito (mesmo que por dentro), sinto medo, raiva, revolta. Eu sinto dor. E a dor na alma dói mais do que aquela do corpo, que só morfina dá jeito. Mas pra emoção, pros sentimentos, pra alma, não há morfina, não tem remédio. Nesses momentos carinho, afagos, amor, mensagens de preocupação, de "estamos contigo", amenizam aquele sentimento que vai corroendo por dentro e parece nunca ter fim. Embora o caminho mais cheio de pedras esteja quase lá. Mesmo diante do medo, da desconfiança, às vezes da descrença, da derrota de muita gente frente a essa doença tão, tão cruel.

Diante desse relato de hoje, mesmo ainda bem abalada, massacrada por dentro, eu quero vencer. Eu VOU vencer! Por mim, pela minha família, pelos meus amigos, pelos meus sonhos e planos: VOU VENCER! E eu só posso agradecer todas as pessoas, todos vocês que de longe ou de perto estão comigo. Obrigada a cada um de vocês, do fundo do meu coração. Vocês me animam e me encorajam. Vocês são especiais”!

Lindas palavras! Bela mensagem a todos nós!

E assim Francielle passou! Passou como uma estrela em nossas vidas! Um ser humano qualificado, preparado. Um ser humano claro, objetivo na arte de trabalhar as palavras.

Pomerode! Ah, Pomerode está de luto ao perder esta excelente profissional da comunicação! Pomerode está de luto ao perder uma pessoa tão jovem e tão especial!

Porém, a nossa eterna boneca Barbie, assim por muitos era conhecida e como se autodenominava, não será esquecida, mesmo tendo uma passagem breve em nosso horizonte. Mas, nesta breve passagem, essa guerreira, a Fran, espalhou sua luz e o seu brilho. Brilho este que é e será duradouro!

Francielle Furtado Ferreira continuará a viver no coração de todos aqueles que a amaram e que ainda a amam.

FRANCIELLE FURTADO FERREIRA, que Deus, com sua imensa sabedoria e misericórdia, possa confortar seus familiares e amigos nesse momento de dor e de saudades. Descanse em paz!

E que a arte de trabalhar as palavras, dom ímpar de Francielle, continue em outro lugar, onde você Fran estiver!

Uma pessoa nunca morre realmente, se a mantivermos viva na nossa mente e no nosso coração.

   Página 1 de 22    
Proposição

Aviso
Direitos Autorais © 2001 Lancer Soluções em Informática Ltda.
Legislador® WEB - Desenvolvido por Lancer Soluções em Informática Ltda.
versão do sistema
25/04/2018 - 10:46 - 1.19.1-21

Quando desejar a pesquisa com mais de uma frase ou palavra, separar as frases (palavras) com ” ; ” e selecionar a opção ” e ” ou ” ou ”.

EX: Verbete: E   OU
       Este exemplo irá selecionar a palavra " hospital " E a frase " orçamento anual ".